Fotografo: Sispen
...
Serviços são prestados voluntariamente e servem como remição na pena dos reeducandos

 
 
 
O Lar dos Idosos Paul Percis Harris, em Rondonópolis, ganhou um cuidado a mais com a ação social promovida no mês de abril pela direção da Penitenciária Regional Major Eldo Sá Corrêa. Um grupo de sete reeducandos, liderados pelo agente penitenciário Sérgio Lira, deu uma geral nas áreas internas e externas do abrigo realizando a limpeza do local. A horta também foi reativada, com a limpeza e montagem dos canteiros e plantio das sementes.
 
A ação faz parte do projeto da penitenciária em empregar a mão de obra de reeducandos no auxílio a órgãos públicos e entidades filantrópicas com serviços como limpeza geral, pequenos reparos e pintura.
 
 
Sérgio, que é responsável também pelo projeto da horta na penitenciária, explica que a iniciativa surgiu da ideia de uma das técnicas da unidade prisional. O abrigo dos idosos é uma instituição filantrópica trabalha com doações da sociedade, como a prestação de serviços de profissionais em geral.
 
 
“Levamos nossa colaboração também com a doação de hortaliças produzidas na horta da penitenciária. Dessa forma, o trabalho realizado pelos reeducandos que cuidam do espaço dentro da penitenciária também é revertido em ação em prol de quem necessita, como no caso do abrigo dos idosos, colaborando com a alimentação deles”, afirmou o agente penitenciário Sérgio.
 
Para a equipe do Lar Paul Harris, a colaboração foi fundamental na reativação da horta, que vai proporcionar alternativas saudáveis na alimentação dos 83 idosos abrigados no local. “A equipe fez um trabalho magnífico dentro do Lar dos Idosos. Estamos gratos por tudo que fizeram e acho que esse trabalho deveria ser levado adiante, com o apoio da sociedade. Só ficaram elogios da Diretoria do Lar dos Idosos Paul Percis Harris, bem como dos que aqui residem”, destaca Marcos Antônio Costa.