Fotografo: Divulgação
...
Escola realizou o passeio ciclístico “Pedal da Inclusão” e o dia “Dia da Beleza” com as alunas especiais.

 
 
 
A Escola Estadual Boa Esperança, localizada no município de Curvelândia (a 311 km a Oeste da Capital) realiza a “Semana da Valorização da Pessoa com Deficiência”. Entre segunda-feira (26.08) e sexta-feira (30.08), a unidade escolar realiza várias ações pedagógicas e educativas, tendo como foco a desconstrução dos preconceitos em relação às pessoas com deficiência.
 
Nesse período, toda a comunidade escolar foi convidada a participar das atividades. Como a escola elegeu agosto como o “mês da inclusão”, a programação se estende para a próxima semana.
 
Entre as atividades desenvolvidas, a escola realizou o passeio ciclístico “Pedal da Inclusão”, que teve a colaboração da equipe “giro do pedal”, um grupo de ciclistas da cidade. Os alunos, incluindo os deficientes que estavam em bicicletas ou cadeira de rodas adaptadas, fizeram um percurso dentro da cidade, saindo e retornado de frente da escola.
 
“Os alunos especiais foram sim, cada um com sua bicicleta adaptada. Um deles inclusive com uma moto especial. A integração desses alunos com os demais nessa atividade foi algo muito gratificante para eles e principalmente para nós”, destaca a professora Jaqueline Penafe, uma das idealizadoras da semana.    
 
 
 
Dia da Beleza
 
Outra atividade foi o dia “Dia da Beleza” com as alunas especiais sendo levadas num salão de cabeleireiro que ofereceu serviços gratuitos. As alunas fizeram hidratação, penteado, unhas e maquiagem. Em seguida, uma aluna do 1º ano, realizou uma sessão de fotos na praça da cidade.
 
“Essas nossas alunas, estavam com a autoestima lá em cima, se sentiram valorizadas, integradas à sociedade. E é esse o objetivo de nossas atividades”, comemora Jaqueline.
 
A EE Boa Esperança atende a 749 alunos sendo 19 especiais.
 
Atividades Musicais
 
Para o encerramento da Semana de Valorização, está programada uma série de atividades. Na quinta-feira (29.08), haverá a apresentação na escola da banda de música do Batalhão de Fronteira de Cáceres. 
 
No período noturno, foram convidados a Escola de Música Mozart, de Mirassol Doeste e os alunos da Escola Municipal Carlos Masson Neto. O teatro de libras da Igreja Batista chegará com uma peça teatral. 
 
Haverá premiação do concurso de desenho e poesia relacionados ao tema. Os alunos se empenharam nessa atividade que teve uma comissão julgadora para escolher os melhores trabalhos. 
 
“O nosso objetivo é divulgar as necessidades dessas pessoas, cada uma com sua individualidade e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para a inclusão. É um trabalho de conscientização, de socialização dessas pessoas. A participação da família também foi extremamente importante porque os pais precisam em todo o processo de vida de seus filhos”, assinala a diretora Janaína Montanha Freire.
 
Mês da Inclusão
 
As atividades continuam na próxima semana para encerrar o “mês da inclusão”. Na segunda-feira (02.09) está programada uma gincana inclusiva com participação dos professores de educação física. Na terça-feira (03.09), o torneio de pipas durante o dia todo.
 
A EE Boa Esperança realizou também palestras sobre “transtorno do espectro autista, proferida pela neouropsicóloga Fabiana Cássia Pereira dos Santos, a palestra com o neurologista Marcelo Leite, com o tema “deficiência intelectual”.
 
O represente do Ministério Público Estadual (MPE), promotor Saulo Martins, abordou o tema “direitos e deveres da pessoa com deficiência”. A assistente social Magali Neves, falou sobre palestra “perfil e forma ao benefício social da Loas, BPC, que é a prestação paga pela previdência social que visa garantir um salário mínimo mensal para pessoas que não possuam meios de prover à própria subsistência ou de tê-la provida por sua família.
 
Lei Federal
 
Janaína acrescenta que comunidade escolar escolheu o mês de agosto como o mês da inclusão e dentro dele, a Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência, em cumprimento à Lei Federal nº 13.585/17, que institui a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que deve ocorrer em agosto.