Fotografo: Maurício Barbant
...
A medida beneficiará todo o Estado

 
 
A Saúde poderá receber investimentos significativos para atender a população de todas as cidades mato-grossenses. É o que prevê as indicações de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, que pede ao governo do estado a construção e equipamento de Unidades de Pronto Atendimento 24 horas.As 141 indicações foram aprovadas em Plenário, início de fevereiro e encaminhadas ao governo etadual.
 
O objetivo é proporcionar melhores condições de atendimento aos moradores dos mais distantes rincões de Mato Grosso, inclusive nas cidades que já possuem unidade, mas que não conseguem atender a grande demanda. 
 
Conforme Botelho, essas unidades de saúde devem funcionar 24 horas, com atendimento de urgência e emergência. Oferecer exames de raio X, eletrocardiograma, laboratórios, leitos para observação e atendimento pediátrico. 
 
O parlamentar defende a necessidade desse tipo de atendimento para ajudar a população, prestando os primeiros atendimentos nos casos de natureza cirúrgica e de trauma, estabilizando os pacientes, bem como fazendo o encaminhamento necessário de acordo com a gravidade de cada paciente.
 
A prefeita Diane Alves, de Alto Paraguai, uma das cidades que será contemplada, informou que a reforma da UPA já seria um grande avanço. “Precisamos de reforma, já temos o projeto aprovado pela Vigilância Sanitária e seria muito importante, tanto a reforma como equipamentos”, afirmou. Em Diamantino Eduardo Capistrano, prefeito da cidade, informou que há necessidade de investimentos no setor. “Precisamos fazer uma reforma no Pronto Atendimento e também em algumas unidade de saúde, além de adquirir mais ambulâncias”, alertou.